Curso de Instalador de Sistemas Fotovoltaicos SENAI

Você conhece a energia fotovoltaica? Popularmente conhecida como energia solar? Não?! A energia solar fotovoltaica é uma fonte de energia renovável e limpa, que se utiliza da radiação solar. E por isso o SENAI oferece o curso de Instalador de Sistemas Fotovoltaicos.

O curso de Instalador de Sistemas Fotovoltaicos do SENAI se trata de uma qualificação profissional, direcionada a pessoas interessadas em trabalhar com fontes de energia renováveis, haja vista que se trata de mercado em crescimento.

A área de energia renovável está em avanço considerando todas as mudanças ambientais em nosso planeta, considerando o grande interesse a utilização de fontes de energia não renováveis, assim como o aumento da proteção ambiental, visando uma qualidade de vida para o planeta e todos os seres que aqui habitam.

Como é o curso de Instalador de Energia Fotovoltaica do SENAI?

O FIRJAN/SENAI é uma instituição privada que oferta diversos tipos de cursos, sendo eles técnicos ou de aperfeiçoamento. Visando suprir a necessidade de mão de obra qualificada para indústria, há mais de 7 décadas. E uma dessas qualificações é a de Instalador de energia fotovoltaica.

Curso de Instalador de Sistemas Fotovoltaicos SENAI
Reprodução/Pixabay

O curso de Instalador de energia fotovoltaica ofertado pelo SENAI/FIRJAN se trata de uma qualificação profissional.

A qualificação profissional que o SENAI oferta tem a carga horária de 180 horas. Onde o aluno irá aprender sobre a instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede (on grid) e sistemas isolados (off grid). Sistemas responsáveis pela transformação da luz solar em energia elétrica.

Onde o Instalador de energia fotovoltaica pode trabalhar? Quanto ele ganha?

A instalação de painéis de energia solar em residências, comércios e prédios é um mercado em expansão, pois as pessoas estão mais preocupadas em energia baratas, renováveis e que não poluem o planeta, evitando desequilíbrios ambientais.

Cursos populares do SENAI:

Sendo assim, o profissional instalador poderá trabalhar em empresas responsáveis pela instalação de sistemas de captação de energia solar, ou até abrir o seu próprio empreendimento de instalação.

A remuneração para este profissional poderá variar entre R$ 1.500 a R$ 5 mil, dependendo do conhecimento e experiência desse.

Conteúdo do curso de Instalador de Energia Fotovoltaica

O curso é dividido em apenas 2 módulos, módulo básico e módulo específico profissional.

O Módulo básico é dividido em:

  • Fundamentos da tecnologia fotovoltaica;
  • Fundamentos da Eletricidade predial.

O Módulo específico profissional é dividido em:

  • Sistema Fotovoltaicos conectados à rede;
  • Sistema Fotovoltaicos isolados;
  • Integração de competências profissionais.

O que é sistema on gride e sistema off gride?

No sistema on gride ou conectado a rede, é quando o sistemas da captação de energia solar está interligada à rede pública de distribuição de energia, pois assim quando não há produção suficiente de energia fotovoltaica, a outra assume o fornecimento. Além de enviar energia excedente para o sistema público de energia, gerando crédito para o cliente.

No sistema off gride não há ligação com o sistema público de energia, há na realidade baterias que armazenam a energia excedente produzida, podendo ser utilizada quando há baixa produção. O que pode gerar total independência do sistema público de energia, sendo assim, não há necessidade de utilizá-la.

Preço do curso de Instalador de Energia Fotovoltaica no SENAI

O investimento para você se formar em uma profissão atual e do futuro é de R$ 1.584,30, com a possibilidade de ser parcelado em 2 vezes no boleto no valor de R$ 792,15, ou em até 12 vezes no cartão de crédito, no valor de R$ 132,03.

E a inscrição? Como faço?

Para se inscrever nos cursos do SENAI é importante que o interessado acesse o site do SENAI do seu Estado e verifique a disponibilidade do curso.

Ao acessar o site Mundo SENAI você poderá localizar os demais sites.

O candidato apto a se inscrever é o que preferencialmente concluiu o ensino fundamental e tem 18 anos de idade.

Vale dizer que as turmas são formadas apenas quando há o mínimo de inscritos necessários. Devendo o interessado estar atento a todas as informações da unidade.

Após o candidato verificar a unidade do SENAI que possui o curso ao qual tem interesse, deverá comparecer a ao curso com cópia dos seguintes documentos:

  • Histórico escolar e certificado de conclusão do ensino fundamental;
  • Carteira de identidade ou carteira nacional de habilitação;
  • Cadastro de pessoa física – CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Duas fotos 3X4 atualizadas.

Aproveite a oportunidade e se inscreva logo. Boa sorte e bons estudos!

Vandreza Moraes é mãe, estudante de pedagogia, servidora pública que sempre está interessada em aprender. Nascida e criada no Rio de Janeiro.

Comente