Como é a faculdade de Engenharia Aeroespacial?

O curso de Engenharia Aeroespacial é para aprender a elaborar, criar, manter/consertar equipamentos aerodinâmicos, como aeronaves, foguetes, satélites e sistemas de uso nessas naves, e controle do tráfego aéreo.

Para você que quer trabalhar com avanços tecnológicos que levem o homem para fora do planeta Terra, ou simplesmente gostava de brincar montado mini modelos de aeronaves e ama isso até hoje, encontrou o curso perfeito.

Trata-se de um curso raro em nosso país, com poucos formandos por ano, e com muitas oportunidades, dentro e fora do país, com remunerações altíssimas.

Como é a faculdade de Engenharia Aeroespacial?

O curso de engenharia aeroespacial se trata de uma graduação com habilitação como bacharelado, com duração de 5 anos, 10 semestres, apenas na modalidade presencial, com a realização de no mínimo um estágio supervisionado e entrega do TCC – Trabalho de Conclusão de Curso, para concluir a formação.

Como é a faculdade de Engenharia Aeroespacial?
Reprodução/Pixabay

Há também pós-graduação de engenharia aeroespacial para quem se formou nas seguintes áreas: engenharia, física, matemática e tecnólogos formados em mecânica, química, elétrica, eletrônica, telecomunicações e computação, com duração de 3 semestres, 1 ano e 6 meses.

O que se aprende na faculdade de Engenharia Aeroespacial?

Assim como toda a faculdade de engenharia, este curso terá disciplinas voltadas à área das ciências exatas como física, química, matemática e computação nos semestres iniciais.

Após se aprofundar nessas ciências irá ter aula de matérias específica da área aeroespacial, por exemplo, mecânica de fluídos, de sólidos e do voo; ambiente espacial; estruturas espaciais; sistemas mecânico, de propulsão, hidráulicos e pneumáticos; motores de combustão interna; tecnologia da fabricação e todas as disciplinas que lhe deixaram apto a criar projetos para construção, manutenção de aeronaves, foguetes, veículos espaciais e satélites, bem como a coordenar o tráfego aéreo.

Carreira, mercado de trabalho e quanto ganha

É uma área de grande empregabilidade, pois pouquíssimas pessoas se formam na área, e podem trabalhar em aeroportos, empresas de táxi aéreo, tanto no controle do tráfego espacial, como na manutenção, na fabricação de aviões na Embraer, na Aeronáutica e em institutos de pesquisa.

Não se pode esquecer que o profissional formado nesta área pode trabalhar fora do país, por exemplo NASA.

Sua remuneração varia de R$ 7,1 mil a R$ 15,9 mil, de acordo com o Guia de Carreira, se trata de um salário extremamente atrativo.

Onde fazer a faculdade de Engenharia Aeroespacial?

Há poucas faculdades que possuem o curso de engenharia aeroespacial espacial no país e as listamos abaixo:

  • UNB, Universidade de Brasília, DF – Pública;
  • UFMA, Universidade Federal do Maranhão, MA – Pública;
  • UFMG, Universidade Federal de Minas Gerais, MG – Pública;
  • UFSM, Universidade Federal de Santa Maria, RS – Pública;
  • UFSC, Universidade Federal de Santa Catarina, SC – Pública;
  • ITA, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, SP – Pública;
  • UNIAMÉRICA, Centro Universitário União das Américas Descomplica, PR – Privada;
  • UFABC, Universidade Federal do ABC, SP – Pública.

Qual o valor da mensalidade do curso superior de Engenharia Aeroespacial?

Como podemos verificar no tópico anterior, praticamente todas as faculdades que oferecem o cursa de engenharia aeroespacial são de faculdades públicas, contudo, de acordo com o site do MEC, há 1 unidade privada com a formação superior para está área, porém, não obtivemos maiores informações sobre o custo da mensalidade.

Enfatizamos que a forma de entrada nas unidades citadas acima são através do ENEM.

Vandreza Moraes tem 32 anos, é mãe, estudante de pedagogia, servidora pública que sempre está interessada em aprender. Nascida e criada no Rio de Janeiro.

Comente