Engenharia Agronômica – Conheça esse curso superior

A agricultura no Brasil é responsável por mais de 20% do PIB, estando o nosso país entre os 5 maiores responsáveis pela exportação agrícola e pecuária de diversos produtos pelo mundo. Por isso estudar Engenharia Agronômica possui muitas vantagens e benefícios, considerando que possuímos um mercado aquecido e forte.

Mas o que é o curso de engenharia agronômica?

O curso de engenharia agronômica é onde se estuda e aprende todos os aspectos referentes à produção agrícola e pecuária, da utilização de equipamentos a um trabalho sustentável, como o combate às pragas, fertilização, clima ambiental, irrigação e outros fatores relativos a esta área.

Além de trabalhar diretamente com lavouras e criação de animais, o engenheiro agrônomo pode prestar serviço em empresas e empreendedores. Pode até participar de pesquisas visando aliar tecnologia e sustentabilidade, sendo esta uma pauta tão atual e necessária.

Como é o curso de Engenharia Agronômica?

O curso possui 5 anos de duração, 10 semestres, sendo o último ano direcionado a realização de estágios, com 300 horas, no mínimo, de estágio obrigatório e com necessidade de entrega do Trabalho de Conclusão de Curso.

Engenharia Agronômica - Conheça esse curso superior
Imagem ilustrativa/Pixabay

Há as opções EAD e presencial, contudo devemos considerar que em algum momento o alunato deverá participar de laboratórios e algumas faculdades possuem até fazenda modelo para que os estudantes aprendam na prática.

Vale dizer que o curso de engenharia agronômica é diferente do curso de agronomia, haja vista que um visa a tecnologia da agricultura e pecuária, elaborando e criando equipamentos, analisando e buscando as melhores formas da produção ser produtiva, enquanto o outro está ligado a parte biológica da produção.

O que se aprende na faculdade de Engenharia Agronômica?

Como toda faculdade de engenharia o discente irá aprender sobre cálculo e tecnologia, mas também há as disciplinas específicas da área, como:

  • Biologia geral (vegetal e animal);
  • Gestão de áreas rurais e empresas/industriais ligadas à agricultura;
  • Física e química aplicada;
  • Sobre o clima e biomas, visando estar apto sobre identificar as melhores
    características para um bom plantio ou produção;
  • Mecânica, hidráulica e irrigação.

Ao final da formação o engenheiro agrônomo deve estar pronto para trabalhar com o planejamento de plantações, produção de alimentos de origem vegetal e animal, bem como seu armazenamento e distribuição ou desenvolvendo novas tecnologias direcionadas à área.

Carreira, mercado de trabalho, quanto ganha

O mercado de trabalho para esta profissão é extenso, pois o profissional pode trabalhar em indústrias alimentícias, fazendas, indústrias direcionados a criação de equipamentos agrícolas, empresas responsáveis por armazenamento e distribuição desses produtos, com empresas de fertilização e irrigação e diversas outras que podem envolvem o aproveitamento e melhoramento genético de animais e plantas.

Segundo o Vagas.com, o engenheiro agrônomo pode ganhar de R$ 3 mil inicialmente, e pode chegar a R$ 7.400,00, mas o teto profissional é de R$ 14 mil, de acordo com o site Salário.

Onde fazer o curso de Engenharia Agronômica?

Abaixo iremos listar as 10 melhores faculdades para cursar em nosso país:

  • USP – Universidade de São Paulo – SP;
  • UFV – Universidade Federal de Viçosa – MG;
  • UFLA – Universidade Federal de Lavras – mg;
  • UNESP – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – SP;
  • UFSM – Universidade Federal de Santa Maria – RS;
  • UEL – Universidade Estadual de Londrina – PR;
  • UFPR – Universidade Federal do Paraná – PR;
  • UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais – MG;
  • UEM – Universidade Estadual de Maringá – PR;
  • UFG – Universidade Federal de Goiás – GO.

Todas as faculdades citadas acima são públicas, contudo, há faculdades particulares com bons cursos:

  • UNESA – Universidade Estácio de Sá;
  • UNOPAR – Universidade Norte do Paraná;
  • ANHANGUERA – Faculdades Anhanguera.

Valor do curso superior de Engenharia Agronômica?

O investimento é baixo para o retorno financeiro que o curso dará, pois a mensalidade está entre R$ 194 a R$ 400, valores com desconto.

E você, gostou de saber mais sobre o curso de Engenharia Agronômica? Deixe um comentário e compartilhe sua opinião com a gente. Bons estudos!

Vandreza Moraes tem 32 anos, é mãe, estudante de pedagogia, servidora pública que sempre está interessada em aprender. Nascida e criada no Rio de Janeiro.

Comente